5318 - Exercitador Lingual Pró-Fono - Pró-Fono



















5318 - Exercitador Lingual Pró-Fono | Cód: 5318


Contém: 1 exercitador lingual; 1 bula do exercitador lingual. Lançamento: 2005

por R$64,00



Nome completo do produto: Exercitador Lingual Pró-Fono.
Lançamento: 2005.
Responsabilidade Técnica: Heliane Campanatti-Ostiz - CRFa nº 1678/SP.
Registro no MS: 10368380024.
 
Contém:
1 exercitador lingual; 1 bula do exercitador lingual.
 
O Exercitador Lingual Pró-Fono (vide Figura), idealizado pela fonoaudióloga Renata Savastano Ribeiro Jardini, é composto por duas bases plásticas medindo aproximadamente 5 cm por 2 cm a base superior e 4 cm por 4 cm a inferior, em forma de U. A base superior encaixa-se nos dentes superiores e a base inferior encaixa-se sobre a língua. As duas bases plásticas são unidas por duas hastes de fio de aço inoxidável de 0,7 mm de diâmetro com 7,5 cm de comprimento total, com uma helicoidal (efeito mola) na metade de cada fio de aço.
1. Base plástica superior.
2. Base plástica inferior em forma de U.
3. Hastes de fio de aço inoxidável.
 
Indicações: atuação fonoaudiológica em estética facial e fisioterapia facial como exercitador tônico dos músculos supra-hióideos (digástrico e milo-hióideo), combatendo a flacidez muscular, principalmente na região do pescoço, colaborando na eliminação da “papada”.
Como auxiliar no tratamento fonoaudiológico - Motricidade Orofacial - fortalecendo os músculos linguais intrínsecos (longitudinal superior e transverso), linguais extrínsecos (estiloglosso) e os músculos supra- hióideos (músculo digástrico e milo-hióideo). Com esse fortalecimento a língua pode elevar-se, permanecendo afilada na papila palatina, com maior eficiência e em menor tempo de reeducação. Os benefícios propiciados com esta exercitação são:
 . favorecimento da correta postura de elevação da língua e acoplamento no palato, durante a primeira fase da deglutição, reabilitando as deglutições atípicas e adaptadas;
. favorecimento da respiração nasal habitual, após a manutenção da correta posição de acoplamento da língua no palato;
. afilamento da língua, colaborando na eliminação das interposições frontais e laterais, comuns nos ceceios e nas mordidas abertas;
. favorecimento da correta articulação dos sons ápico alveolares (/t/, /d/, /l/, /n/); dos palato alveolares (/ /, / /, / /) e dos grupos consonantais /l/ e /r/, eliminando distorções.
. favorecimento para eliminação das distorções produzidas nos fonemas /s/ (ceceios) e /r/ (retroflexo ou dorsalizado).
. fortalecimento complementar do músculo orbicular oral superior, diminuindo o encurtamento do lábio superior e mantendo o tônus e o selamento labiais.
 
Observação 1: a  autora desenvolveu sua Tese de Doutorado* defendendo a utilização do Exercitador Lingual Pró-Fono, confirmando as modificações musculares descritas no item “Indicações” desta bula. Para a avaliação do tônus lingual, recomenda-se ao paciente que protrua a língua para fora da cavidade oral e mantenha-a bem afilada e na posição horizontal por um mínimo de 30 segundos. As línguas flácidas mostram-se alargadas, sem ponta fina; não mantém a contração pelo tempo solicitado; apresentam tremores; fibrilações ou alterações do tônus, voltando sua ponta para baixo, pela ação do músculo genioglosso.
Observação 2: o Exercitador Lingual Pró-Fono pode ser exercitado por pessoas que utilizam aparelhos ortodônticos fixos. A estabilização do Exercitador deve ser produzida com o auxílio do lábio superior.
 
Modo de usar: a base plástica do Exercitador Lingual Pró-Fono superior é encaixada nos dentes superiores, e mantém-se entre os dentes e os lábios. O acoplamento, propositadamente, não é estável, podendo adaptar-se às várias dimensões de arcadas, impossibilitando uma sobrecarga nos dentes superiores e estimulando o músculo orbicular oral a contrair-se para segurar o aparelho.
A base inferior mantém-se sobre a língua, apoiando-se em seu rebordo no formato U, favorecendo o fortalecimento dos músculos que propiciarão o seu correto acoplamento no palato, numa contração em forma de concha. O formato U foi idealizado na intenção de inibir-se a contração convexa da língua, propiciada pela ação do músculo genioglosso, que pretende-se minimizar. A hiperatividade do músculo genioglosso favorece as deglutições atípicas e a expulsão do alimento para a região vestibular. Os fios de aço inoxidável ficam externos à boca, sem contato com os dentes.
Ao introduzir-se o Exercitador Lingual Pró-Fono, a boca abre-se pela força do efeito da mola. O usuário faz força de elevação da língua, erguendo a parte inferior do aparelho, encostando-o à parte superior. A boca e os dentes mantém-se abertos, fixos, sem movimentação, permitindo que somente a língua se exercite, elevando o aparelho.
O lábio superior, mantendo-se alongado e firme, pode auxiliar na estabilização da parte superior plástica do aparelho, segurando-a.
Nos casos de oclusão Classes ll e de grave encurtamento de lábio superior, esta estabilização pode ser dificultada, podendo ser auxiliada segurando -se o Exercitador Lingual Pró-Fono pela mola, com os dedos.
 
Exercícios recomendados:

 
1. Fechar lentamente o Exercitador Lingual Pró-Fono pela força de elevação da língua. Soltar lentamente o aparelho, relaxando a língua. Repetir esse movimento por 20 vezes. Durante o exercício, manter a boca e os dentes abertos, fixos e sem movimentação. O lábio superior, mantendo-se alongado e firme, pode auxiliar na estabilização da parte superior plástica do aparelho, segurando-a.
2. Fechar o Exercitador Lingual Pró-Fono e mantê-lo assim pela força de elevação da língua, por cerca de 15 segundos. Durante o exercício, manter os dentes e a boca abertos, fixos e sem movimentação. O lábio superior, mantendo-se alongado e firme, pode auxiliar na estabilização da parte superior plástica do aparelho, segurando-a.
 
Tempo de uso: variado, conforme as necessidades da reabilitação e a tolerância do usuário, podendo ser realizadas três a quatro séries diárias, divididas ou não durante o dia. Iniciar o treinamento com pouca frequência, aumentando-a, progressivamente, conforme obtenha-se domínio da exercitação Caso ocorra dor, fechar mais os dentes durante a realização dos exercícios e/ou diminuir a frequência de uso, não ultrapassando dez minutos diários.
 
Precauções:
 
1. O uso do Exercitador Lingual Pró-Fono é recomendado a partir dos sete anos de idade, quando a arcada dentária superior já possui dentes permanentes e sua dimensão pode acoplar melhor o formato do aparelho.
2. Atentar para que o fechamento do Exercitador Lingual Pró-Fono ocorra predominantemente pela força de elevação da língua, propiciando a sua exercitação, e não pela elevação da mandíbula.
3. Observar que, durante a realização dos exercícios, não haja abertura excessiva da boca e/ou dentes, ou protrusão excessiva da mandíbula, evitando-se assim uma sobrecarga na articulação temporomandibular, causada pela contração do músculo pterigóideo lateral.
4. Os exercícios devem ser realizados sem dor ou desconforto para o usuário. Caso o usuário sinta dor na região temporomandibular (próxima ao ouvido) durante a realização dos exercícios, comunicar o fonoaudiólogo responsável, que deverá tomar as devidas providências.
5. A salivação pode intensificar-se durante a realização dos exercícios e, devido à posição dos lábios entreabertos, que dificulta a deglutição - escapes de saliva nos ângulos labiais podem ocorrer, que diminuem com o tempo de uso do Exercitador Lingual Pró-Fono.
_______________________
 
* JARDINI, Renata Savastano Ribeiro. Uma outra possibilidade para a adequação/reeducação da forma/função da musculatura da língua. 2007. 133 f. Tese (Doutorado em Pediatria) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas (SP).

Até o momento, nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro clicando aqui






Copyright © 2011 Pró-Fono - Todos os Direitos Reservados. As imagens dos produtos contidos no site são meramente ilustrativas.    Desenvolvido por King of Web.