7050 - Haltere Labial - Pró-Fono



















7050 - Haltere Labial | Cód: 7050


Contém: 3 halteres labiais (40g, 60g e 100g). Lançamento: 1987.

por R$98,50



Nome completo do produto: Haltere Labial.
Lançamento: 
1987.
Responsabilidade Técnica: Heliane Campanatti-Ostiz - CRFa nº 1678/SP.
Registro no MS: 10368389002.

Contém: 3 halteres labiais (40g, 60g e 100g).

O Haltere Labial, idealizado pela fonoaudióloga Elisa B. C. Altmann, é produzido com poliestireno de alto impacto virgem e atóxico, e apresentado com três pesos distintos: haltere nº 1 (40g); haltere nº 2 (60g) e haltere nº 3 (100 g). Seu principal objetivo é fortalecer a musculatura labial, aumentando seu tônus por meio de exercícios isométricos. Com estes, a massa e o comprimento do músculo não se alteram: há somente um aumento da contração muscular.

Indicações: esse aparelho pode ser usado em qualquer patologia onde haja comprometimento dos lábios, em termos de postura, mobilidade e tônus, como por exemplo, nas deformidades maxilomandibulares, nas maloclusões com problemas miofuncionais associados e nas síndromes que acometem a região orofacial. Os lábios são a parte mais móvel do corpo devido à grande quantidade de músculos faciais que agem sobre eles. Assim, através do haltere labial, trabalharemos não só o orbicular oral, como também, os bucinadores, o mentalis, os triangulares, os platismas e outros.

Modo de usar: o haltere labial deve ser colocado entre os lábios, com os dentes ocluídos adequadamente, mas sem força. Pede-se ao paciente que faça um pequeno bico, encosta-se o haltere centralizado nos dentes e depois solicita-se a oclusão labial. Outro exercício que sugerimos é a elevação e o abaixamento do haltere, sem qualquer movimentação mandibular: primeiro o lábio superior deve ser forçado para baixo e, em seguida, o inferior para cima. Com crianças, aconselhamos que seja usado de maneira competitiva, estimulando-se assim, um maior tempo de permanência.

Precauções: o exercício deve ser iniciado sempre com o haltere nº 1, de 40g. A mudança do haltere nº 1 para os nº 2 ou 3 (60g e 100g respectivamente), deve ser efetuada somente depois que o paciente conseguir ficar aproximadamente 20 minutos consecutivos com o anterior. O tempo de permanência deve ser aumentado gradativamente, de acordo com a reação de cada paciente. O uso do hatere inadequado pode levar a movimentos compensatórios, tais como eversão exagerada do lábio inferior ou protrusão mandibular.

Até o momento, nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro clicando aqui






Copyright © 2011 Pró-Fono - Todos os Direitos Reservados. As imagens dos produtos contidos no site são meramente ilustrativas.    Desenvolvido por King of Web.