0106 – Goffitunes – Treinamento das Habilidades Auditivas: aspectos temporais do sinal acústico - para PC Windows (versão download - 1 download – 2 licenças) - Pró-Fono



















0106 – Goffitunes – Treinamento das Habilidades Auditivas: aspectos temporais do sinal acústico - para PC Windows (versão download - 1 download – 2 licenças) | Cód: 0106


Aplicativo (PC Windows – 1 download por e-mail – 2 licenças). Idealização: Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez. Realização: Pró-Fono. Categoria: Jogo. Requisito: compatível para PC com Windows. Lançamento: 2016.

por R$53,00



Título: Goffitunes – Treinamento das Habilidades Auditivas: aspectos temporais do sinal acústico. Versão download - 1 download - 2 licenças. 
Idealização: Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez. 
Realização: Pró-Fono. 
Programação: 
Celso Wo.
Ilustrações: Diego Maldonado e Lucas Romano.
Requisito: compatível para PC com Sistema Operacional Windows XP ou Superior.
Lançamento: 
2016.

Aplicativo (Download direto na Loja Virtual da Pró-Fono).

As perdas auditivas, em qualquer grau, implicam na perda de partes ou de toda a mensagem. Os Aparelhos de Amplificação Sonora Individuais (AASIs), ou próteses auditivas convencionais, amplificam a entrada acústica para oferecer o acesso aos sons de fala. Quando a perda auditiva é severa a profunda, e esse acesso não for suficiente com a amplificação oferecida pelas próteses convencionais, o implante coclear pode ser uma opção (Bevilacqua, 1998; Bento et al., 2004). O implante coclear é um dispositivo eletrônico que transpõe a cóclea e estimula o nervo auditivo diretamente com estímulos elétricos, permitindo a sensação auditiva a pessoas com disacusia sensorioneural bilateral de grau severo a profundo. Embora o implante coclear permita a detecção de sons ambientais e de fala, o aproveitamento dessa percepção para as habilidades auditivas, discriminação, reconhecimento e compreensão da mensagem são muito variáveis (Cosetti e Waltzman, 2012).

Além disso, a possibilidade de captar sons não implica necessariamente que a pessoa consiga perceber os “detalhes” ou as diferenças entre os sons.

Por exemplo, posso ouvir o som de um pássaro, mas não reconhecer seu canto e não saber qual é o pássaro. Ou posso ouvir um instrumento musical, por exemplo o oboé, e apesar de discriminar que é diferente de um violino, não conseguir reconhecer, pois não conheço as características desse instrumento específico.

Porque para reconhecer um som, é necessário mais do que captá-lo, é necessário conhecer e poder discriminar suas características e dar sentido a elas.

As características acústicas que diferenciam os sons são basicamente as frequências que os compõem, a intensidade de cada banda de frequências e como elas se distribuem ao longo do tempo.

Quando pensamos em idealizar mais um aplicativo para o treinamento de habilidades auditivas, entre os já disponíveis comercialmente, enfatizamos os aspectos temporais, pois são uma das grandes dificuldades nas pessoas com deficiência auditiva profunda, sobretudo aquelas com pouca experiência auditiva, incluindo os usuários de próteses auditivas (AASI) ou de implante coclear.

Descrição Detalhada do Aplicativo

O Goffitunes, idealizado pela fonoaudióloga Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez e desenvolvido pela Pró-Fono, abrange o treinamento da duração do estímulo, da intensidade do estímulo e da duração do intervalo interestímulos, em níveis básico, intermediário e avançado, com níveis progressivos de dificuldade.

Em cada seção, existe a possibilidade de treinamento com diferentes frequências do estímulo (500Hz, 1000Hz e 4000Hz), além de sons complexos similares aos sons de fala como [ch] e [m], além de dó.

Finalidade

O objetivo Goffitunes é treinar a atenção aos detalhes do sinal acústico que podem contribuir na percepção auditiva da fala e, consequentemente, facilitar o seu reconhecimento.

Por exemplo, o exercício de treinamento de diferenças na intensidade pode facilitar a percepção da tonicidade das palavras, por exemplo, na palavra [makaku], não somente a sílaba tônica é medial, quanto a última sílaba [ku] é bem mais fraca do que a primeira.

Em um outro exemplo, no treinamento da duração do estímulo, o fonoaudiólogo pode fazer relações com a fala para favorecer a identificação das pausas, do ritmo da fala, do prolongamento da vogal tônica ou a ênfase que se alcança na palavra quando se usa o prolongamento. Por exemplo: Você me ligou ´ooontem´? (a pergunta refere-se a saber se foi ontem). ´Voocê´ me ligou ontem? (a pergunta se refere a saber se foi você).

O treinamento do intervalo interestímulos refere-se à percepção mais refinada do sinal acústico, que pode ter relação por exemplo com a habilidade de discriminação de fonemas surdos e sonoros.

Indicações

O treinamento com o Goffitunes pode auxiliar o refinamento de habilidades auditivas em pessoas com perdas auditivas sensório-neurais severa a profunda, usuárias de próteses auditivas, de implante coclear, ou implante auditivo de tronco encefálico. Uma de suas vantagens é ser um instrumento não dependente da proficiência verbal, do idioma ou do domínio da Lingua.

O Goffitunes pode também ser utilizado em indivíduos com limiares normais de audição, porém com dificuldades na habilidades de sensação e/ou discriminação auditivas. Entretanto, estes indivíduos com audição normal podem não se beneficiar deste treinamento, considerando-o muito básico ou pouco desafiador.

Instruções de uso

A percepção das diferenças em intensidade, duração e interestímulos somente fará sentido se o usuário puder transpô-las para a fala.

O treinamento com os sons no Goffitunes deve ser acompanhado pelo uso dessas habilidades, tanto na percepção como na produção da fala.

Recomenda-se o ajuste do volume do computador/tablet/celular a uma intensidade confortável para cada som apresentado.

Restrições de uso

Assegure-se que o usuário tenha acesso a todos os estímulos utilizados usando seu dispositivo auditivo, seja AASI ou implante coclear ou de tronco. Para isso, ele precisa ter limiares auditivos em campo livre com o dispositivo em torno de 40 dBNA. Se você não tem os limiares disponíveis, faça um teste com fala em voz habitual e garanta que ele detecta todos os sons de Ling (a, i, u, m, sh, s), ou apresente os sons do aplicativo isoladamente, antes de iniciar o treino.

Precauções

Verifique a intensidade gerada pelo seu equipamento, e procure usar intensidade semelhante à fala em voz habitual (aproximadamente 65 dBNPS).

Referências Bibliográficas

BENTO, R. F et al. Resultados auditivos com o implante coclear multicanal em pacientes submetidos a cirurgia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Rev. Bras. Otorrinolaringol., v. 70, n. 5, p. 632-7, 2004.

BEVILACQUA, M. C. Implante coclear multicanal: uma alternativa na reabilitação de crianças surdas. 1998. Tese - Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru.

COSETTI, M. K; WALTZMAN, S. B. Outcomes in cochlear implantation: variables affecting performance in adults and children. Otolaryngol. Clin. North Am.,v. 45, n. 1, p. 155-71, feb. 2012.

Sobre a idealizadora:


Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez. Fonoaudióloga.  Pós-Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Fonoaudióloga da Divisão de Clínica Otorrinolaringológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP desde 1987. Fonoaudióloga Colaboradora do Setor de Audiologia do Câncer Center Hospital AC Camargo desde 1996.



Quadro 1. Figuras representativas das durações longo e curto em 500Hz, 1000Hz, 4000Hz, /ch/, /m/ e /dó/; e das intensidades forte e fraco em 500Hz, 1000Hz, 4000Hz, /ch/ e /m/.



       

Até o momento, nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro clicando aqui






Copyright © 2011 Pró-Fono - Todos os Direitos Reservados. As imagens dos produtos contidos no site são meramente ilustrativas.    Desenvolvido por King of Web.