page-header

Memória da Fonoaudiologia

A revista que deu origem ao JSBFa

gallery-item

A Pró-Fono Revista de Atualização Científica nasceu em 1989, com o objetivo de registrar o conhecimento gerado pela Fonoaudiologia brasileira.

Uma das principais preocupações foi oferecer um veículo que fosse indexado com artigos que pudessem ser resgatados na rede. Ao longo de seus primeiros 22 anos, o seu aprimoramento foi documentado e pode ser demonstrado pelas conquistas das suas indexações:

1990 – Base de Dados LILACS – Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, base de dados da América Latina na área da saúde, consequentemente no Index Medicus Latino Americano;

2000 – Base de Dados CSA – Cambridge Scientific Abstracts, base de dados da literatura no Reino Unido, Estados Unidos, França e Hong Kong, em Ciências Sociais, Humanas, Ambientais e da Saúde;

2003 – Base de Dados CECAE SACI USP – Coordenadoria Executiva de Cooperação Universitária e de Atividades Especiais – Solidariedade, Apoio, Comunicação e Informação – Universidade de São Paulo;

2004 – Base de Dados Index Medicus e MEDLINE, PubMed, base de dados da literatura internacional da área médica e biomédica, produzida pela National Library of Medicine (USA);

2005 – Portal de Periódicos Capes – Coordenação e Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

2005 – Base de Dados SciELO – Scientific Electronic Library Online, biblioteca eletrônica abrangendo uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros;

2008 – Scopus – base de dados produzida pela Elsevier.

2011 – Gentilmente cedida à Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, sendo alterado seu título para “Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – JSBFa.”

Estas conquistas devem ser creditadas a todos que se envolveram neste processo de produção científica: seus autores, seus pares; Doutora Dinah Aguiar Población, responsável pela Comunicação Científica Geral e incentivadora constante da manutenção e melhoramento das publicações periódicas; sua editora executiva, Heliane Campanatti-Ostiz, que gerenciou os procedimentos editoriais desta Revista desde a sua fundação em 1989; suas duas incansáveis editoras científicas, Doutora Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez, direcionando a Revista de 1989 a março 2001, e a Professora Doutora Claudia Regina Furquim de Andrade, que assumiu o comando, dando-lhe novo impulso, de setembro de 2001 a dezembro de 2010.

Com grande honra a Pró-Fono Revista de Atualização Científica passou no ano de 2011 para as mãos da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, com o desejo que a Presidente daquela gestão, Professora Doutora Mara Behlau, e as próximas presidências, prosseguissem registrando a memória da Fonoaudiologia, dando outros novos impulsos.

Open chat